O músico Chris Cornell suicidou-se, segundo avança a Associated Press que cita o médico legista. Chris Cornell morreu esta quarta-feira à noite, em Detroit, Estados Unidos, depois de atuar com os Soundgarden. 

O gabinete de medicina legal do condado de Wayne County emitiu já um comunicado, que divulgou na página oficial do Facebook: "O médico legista concluiu a autópsia ao músico soa Soundgarden Chris Cornell, de 52 anos, que morreu ontem à noite em Detroit. A causa da morte foi determinada como suicídio por enforcamento. O relatório de uma autópsia mais detalhada ainda não foi concluído. Não há informações adicionais neste momento."

Michael Woody, director de comunicação da polícia de Detroit, adiantou à revista Variety que a mulher do músico pediu a um amigo que fosse saber dele, depois de não o conseguir contactar. A pessoa em causa forçou a porta do quarto de Chris Cornell e encontrou-o inanimado no chão da casa de banho. o óbito foi declarado no local. 

O vocalista tinha colocado horas antes uma foto na rede social Twitter. Cornell mostrou-se contente por estar em Detroit, onde atuou com os Soundgarden.