O DJ e produtor Avicii foi encontrado morto, em Omã, aos 28 anos, avança o TMZ. Não se sabem ainda quais as causas da morte, mas foi divulgado há vários anos que Avicii sofria de uma inflamação aguda no pâncreas, em parte motivada pelo consumo abusivo de álcool.

Em comunicado, a representante do músico revela que o DJ foi encontrado morto durante a tarde desta sexta-feira.

"É com profunda tristeza que anunciamos a perda de Tim Bergling, também conhecido como Avicii. Foi encontrado morto em Mascate, Omã, esta sexta-feira à tarde. A família está devastada e pedimos que respeitem a sua privacidade neste momento difícil. Não serão prestadas mais declarações", pode ler-se no comunicado.

Avicii, um dos DJ's mais famosos do mundo, tinha-se afastado da música aos 26 anos para fazer uma pausa para se dedicar a si mesmo. Regressou em 2017 com o AVĪCI, onde colaborou com músicos como AlunaGeorge, Rita Ora, Sandro Cavazza e Billy Raffoul, entre outros.

Em 2016, coube a Avicii encerrar o Palco Mundo do Rock in Rio. Perante 47 mil pessoas, o DJ apresentou os hits próprios, como “Wake Me Up” ou “Addicted to You”, e ‘remixes’ de outros artistas durante uma hora e meia.

Entre os sucessos que lhe deram nome e credibilidade estão, por exemplo, “Hey Brother”, com mais de um milhão de visualizações no YouTube.