Ed Sheeran foi o grande vencedor dos Billboard Awards, que decorreram este domingo, em Las Vegas, nos Estados Unidos. O músico britânico arrecadou os prémios principais, incluindo o de Melhor Artista do Ano, numa cerimónia que ficou marcada pela homenagem a Avicii, que morreu no mês passado.

O cantor de hits como “Shape of You” e “Divide” estava nomeado para Melhor Artista do Ano, juntamente com Bruno Mars, Drake, Kendrick Lamar e Taylor Swift.

Sheeran, que não esteve presente no evento, ganhou ainda os prémios de Melhor Artista Masculino, Melhor Artista em Vendas de Música, Melhor Artista em Tops de Rádio, Artista Top Hot 100.

Kendrick Lamar foi outro dos grandes vencedores, tendo conquistado os prémios de Melhor Artista Rap, Melhor Artista Rap Masculino, Melhor Álbum Rap, Melhor Artista de Streaming, Melhor Música em Streaming, Melhor Álbum Top 200 da Billboard.

Taylor Swift ganhou duas distinções: o prémio de Melhor Artista Feminino e o de Melhor Álbum em Vendas de Música.

Já o prémio de Melhor Banda foi para os Imagine Dragons e de Artista Revelação foi para Khalid.

A cantora Kelly Clarkson foi quem apresentou a cerimónia. Clarkson lembrou as vítimas do último tiroteio numa escola norte-americana, na sexta-feira, em Santa Fé.

Uma vez mais estamos de luto porque crianças voltaram a morrer por razão nenhuma. (...) Estou farta de momentos de silêncio. Não está a funcionar. Po que é que em vez de um momento de silêncio não temos um momento de ação? Um momento de mudança?", destacou a cantora .

O DJ sueco Avicii, que morreu no mês passado, foi homenageado na cerimónia. Os The Chainsmoker, que venceram o prémio de Arista de Dança/Eletrónica consideraram que a morte do músico foi "uma grande perda para o mundo".