A norte-americana Lady Gaga arrecadou, na madrugada de hoje, cinco prémios nos MTV Video Music Awards 2020 (MTV VMA), incluído o galardão de Artista do Ano, numa cerimónia marcada, em vários aspetos, pela pandemia de covid-19.

Pela primeira vez sem público desde a sua primeira edição, em 1984, a cerimónia consagrou ainda a cantora, em conjunto com Ariana Grande, com os prémios de Canção do Ano, Melhor Colaboração e Melhor Cinematografia, pelo single “Rain On Me”, além do primeiro prémio TriCon de sempre, que reconhece artistas que se destacam em vários campos diferentes, tais como música, representação e moda.

As duas artistas apresentaram o tema vencedor pela primeira vez ao vivo, no topo do icónico edifício Empire State Building, em Nova Iorque, numa cerimónia que teve atuações em vários locais da cidade, para garantir o distanciamento social como forma de prevenção da covid-19 e que se adaptou à chamada “nova realidade”, com a criação de novas categorias que premiaram o que se fez de melhor durante o período de quarentena.

Nessa área, Ariana Grande teve direito, ainda, a um quarto galardão, para além dos três que recebeu em conjunto com Lady Gaga, ao ser premiada pelo Melhor Vídeo Desde Casa pela interpretação de “Stuck With U”, com Justin Bieber, enquanto os latinos CNCO venceram a Melhor Performance da Quarentena.

O prémio de Vídeo do Ano, a categoria ‘estrela’ da cerimónia, foi atribuído ao músico The Weekend pelo vídeo do tema “Blinding Lights”.

Por sua vez, Taylor Swift entrou na história dos MTV VMS ao tornar-se na primeira artista a solo a receber o galardão de Melhor Realização pelo vídeo por si dirigido para o tema “The Man”.

Em destaque esteve, também, a banda de K-Pop, BTS, que arrebatou quatro prémios: Melhor Pop, Melhor K-Pop, Melhor Grupo e Melhor Coreografia.

Miley Cirus (Melhor Direção Artística e Melhor Edição com o tema “Mother’s Daughter") arrecadou dois galardões, enquanto os restantes premiados da noite foram Doja Cat (‘Push Best New Artist’), The Weekend (Melhor R&B), Megan Thee Stallion (Melhor Hip-Hop), Machine Gun Kelly (Melhor Alternativa), Coldplay (Melhor Rock), Maluma ft. J. Balvion (Melhor Latina), H.E.R. (‘Video For Good’ com o tema “I Can’t Breathe”), BLACKPINK (Canção de Verão com o tema “How You Like That”) e Dua Lipa (Melhores Efeitos Visuais com o tema “Physical”).

A cerimónia foi conduzida por Keke Palmer e abriu com uma homenagem a Chadwick Boseman, ator reconhecido pelo papel de Pantera Negra, super-herói da Marvel, que morreu na sexta-feira, vítima de cancro.

A atriz e ativista aproveitou também o palco dos MTV VMA 2020 para apelar às consciências dos fãs em temas como as eleições presidenciais nos Estados Unidos, a violência policial e o movimento “Black Lives Matter”.

No âmbito da covid-19, foram vários os apresentadores de prémios, vencedores e artistas a apelar para o uso de máscara e a adoção de comportamentos responsáveis, numa cerimónia que homenageou os profissionais de saúde de todo o mundo com uma seleção de vídeos de médicos, enfermeiras e outros profissionais do ramo a cantar e a dançar.

Os profissionais da saúde e trabalhadores de instituições que interpretaram esses vídeos tiveram direito ao seu próprio prémio de Heróis do Dia-a-Dia: Trabalhadores da Saúde na Linha da Frente: Dr. Elvis Francois e Dr. William Robinson (‘Imagine’), Dr. Nate Wood (‘Lean On Me’), Equipa da Zaragatoa do Hospital da Universidade de Jefferson (‘Level Up’), Lori Marie Key (‘Amazing Grace’) e Jason ‘Tik Tok Doc’ Campbell.

Os MTV VMA realizam-se anualmente desde 1984 com o objetivo de premiar os melhores telediscos de cada ano e decorrem, normalmente, em Nova Iorque, apesar de já terem tido edições em Los Angeles, Las Vegas e Miami.

/ AM