«Desfado», tema escrito por Pedro da Silva Martins (Deolinda) para o disco homónimo de Ana Moura, foi distinguido pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) como Melhor Canção de 2012.

Na gala realizada na segunda-feira, a SPA premiou ainda A Naifa por «Não Se Deitam Comigo Corações Obedientes» (Melhor Disco) e o músico Sérgio Carolino (Melhor Trabalho de Música Erudita) nas categorias musicais.

No Facebook, Ana Moura felicitou o «querido amigo» Pedro da Silva Martins, agradecendo-lhe a canção que deu nome ao seu mais recente álbum.

«Quero dar-lhe os parabéns por este reconhecimento e agradecer-lhe ter posto o seu talento à minha disposição», escreveu a fadista.

Também no Facebook, A Naifa agradeceu o prémio de Melhor Disco de 2012, dedicando-o à memória do falecido João Aguardela e alargando a distinção às autoras que escreveram as letras de «Não Se Deitam Comigo Corações Obedientes», bem como a toda a equipa que participou na produção do álbum.

Os Prémios Autores da SPA distinguiram os melhores trabalhos feitos em Portugal durante o último ano nas áreas da Música, Dança, Rádio, Literatura, Teatro, Televisão e Cinema.

O músico e compositor Ivan Lins foi distinguido com o Prémio Internacional.

Os vencedores dos prémios da SPA:

DANÇA

Melhor Coreografia - «Perda Preciosa», Rui Lopes Graça

RÁDIO

Melhor Programa de Rádio - «A Cena do Ódio», David Ferreira

MÚSICA

Melhor Canção - «Desfado», Pedro da Silva Martins

Melhor Trabalho de Música Erudita - Sérgio Carolino

Melhor Disco - «Não Se Deitam Comigo Corações Obedientes», A Naifa

LITERATURA

Melhor Livro de Literatura Infanto-Juvenil - «Achimpa», Catarina Sobral

Melhor Livro de Poesia - «A Criança em Ruína», José Luís Peixoto

Melhor Livro de Ficção Narrativa - «O Feitiço da Lua», Miguel Real

TEATRO

Melhor Texto Português Representado - «Chão de Água», João Monge

Melhor Atriz - Maria do Céu Ribeiro em «Devagar»

Melhor Ator - Miguel Elroy em «Devagar»

Melhor Espetáculo - «Três Dedos Abaixo do Joelho», Tiago Rodrigues

TELEVISÃO

Melhor Programa de Entretenimento - «Super Diva - Ópera para Todos» (RTP2)

Melhor Programa de Ficção - «Perdidamente Florbela» (RTP)

Melhor Programa de Informação - «Momentos de Mudança» (SIC)

CINEMA

Melhor Argumento - «Linhas de Wellington», Carlos Saboga

Melhor Atriz - Rita Durão em «A Vingança de Uma Mulher»

Melhor Ator - Carlos Santos em «Operação Outono»

Melhor Filme - «Tabu», Miguel Gomes

Prémio Internacional

Ivan Lins

Prémio Melhor Programação Autárquica

Câmara Municipal de Guimarães

Prémio Vida e Obra

Fundação Calouste Gulbenkian