O músico norte-americano Neil Diamond anunciou, esta segunda-feira, em comunicado no seu site oficial, a sua retirada dos palcos, depois de ter sido diagnosticado com a doença de Parkinson. 

O compositor de "Sweet Caroline" foi aconselhado pelos médicos a cancelar a tournée de março pela Austrália e Nova Zelândia, que serviria também para comemorar os seus 50 anos de carreira. 

 

 

Neil, que completa 77 anos esta quarta-feira, confessou sentir-se desapontado e pediu desculpa aos fãs que já tinham comprado os bilhetes para a digressão.

 

É com grande relutância e desapontamento que anuncio a minha retirada das tournées. Foi uma honra para mim levar os meus shows ao público nos últimos 50 anos. As minhas mais sinceras desculpas a todos aqueles que compraram bilhetes ou estavam a planear ir aos próximos concertos", confessou. 

Mas o músico acrescentou que, embora a progressão da doença o impeça de "viajar e atuar", não o impede de gravar ou de "pensar em novos projetos" e garantiu que pretende "permanecer ativo na escrita, na gravação e em outros projetos durante um longo período de tempo."

Assim que souberam da notícia, vários utilizadores - incluindo outros artistas - deixaram nas suas redes sociais palavras de apoio ao músico.

 

 

 

/ AA