Afinal, os Rolling Stones não vão celebrar o 50º aniversário em palco com novos concertos. Em entrevista à revista «Rolling Stone», Keith Richards disse que a banda ainda não está preparada e que o regresso aos espetáculos ao vivo só deverá acontecer em 2013.

«Basicamente ainda não estamos prontos [para dar concertos]. Tenho a sensação que [2013] é uma data mais realista [para que isso aconteça]», contou o guitarrista.

Para Richards, o próximo ano também será de celebração porque, apesar de o primeiro concerto de sempre dos Stone ter acontecido em 1962, só em 1963 é que o baterista Charlie Watts se juntou à banda.

«Os Rolling Stones sempre consideraram que os 50 anos são contados desde 1963, porque o Charlie só entrou na banda em Janeiro desse ano. Vemos 2012 como o ano de celebração da conceção, mas o nascimento dos Stones só será celebrado no próximo ano», explicou.

A forma física de Keith Richards poderá também estar a impedir o regresso aos palcos dos Rolling Stones ainda este ano. A «Rolling Stone» recordou que a qualidade instrumental do guitarrista tem vindo a descer desde que sofreu uma lesão na cabeça em 2006.

Mas apesar de os concertos estarem fora dos planos do grupo para este ano, Richards revelou que os Rolling Stones deverão entrar em estúdio para ensaios no próximo mês de abril: «Vamos juntar os rapazes nessa altura e talvez gravemos umas coisas. Tenho muita coisa na gaveta, mas que ainda não foi gravada».