A presidente da Argentina, Cristina Kirchner, é o alvo do mais recente vídeo dos The Rockadictos. A banda argentino-venezuelana, radicada nos EUA, criou um videoclip de animação, em estilo banda desenhada, onde mostra Kirchner a masturbar-se para o presidente norte-americano, Barack Obama.

Nas imagens, a chefe de estado argentina surge na varanda do palácio presidencial em Buenos Aires, perante o povo do seu país, mas acaba por ser tomada por um impulso sexual que a leva a despir-se.

«Un Mesaje Más» é o nome do polémico videoclip que, pelo seu conteúdo sexual, tem sido apagado de alguns sites de vídeos na Internet, como o YouTube.

Em declarações ao jornal digital argentino MDZ, a banda defendeu que não pretendeu ser polémica com o vídeo, mas sim «ser espontânea».

«A nossa intenção foi mostrar a excitação que o poder provoca», disse o o baixista e vocalista Javier Rockadicto.

O músico revelou que já recebeu muitos elogios pelo vídeo, mas também algumas ameaças de quem se sentiu ofendido.

Cristina Kirchner, de 59 anos, é presidente desde 2007 e foi a primeira mulher a ser eleita para o cargo na Argentina. Kirchner sucedeu ao próprio marido, Néstor, que faleceu em 2010.