Ed Sheeran atua em Portugal, a 1 de junho, no Estádio da Luz e os bilhetes, que foram postos à venda hoje, esgotaram ao final da tarde.

Por isso, o artista britânico decidiu surpreender os fãs ao anunciar um segundo concerto, para o dia seguinte.

Os cerca de 60 mil bilhetes para o concerto de 1 de junho foram postos à venda hoje de manhã e esgotaram em menos de oito horas, levando o músico e a promotora Everything is New a marcarem uma segunda data, para 2 de junho.

Os bilhetes para esta segunda data serão colocados à venda na sexta-feira a partir das 09:00, apenas nos pontos de venda oficiais.

A promotora recorda que "todos os bilhetes adquiridos serão nominativos com a denominação do comprador", para evitar revenda de bilhetes a preços inflacionados.

"É obrigatório mostrar comprovativo de compra, assim como um documento de identificação, com fotografia, à entrada do Estádio. No caso do comprador não ser um dos espetadores deverá solicitar no ato da compra a impressão do nome a quem se destina", reforçou a promotora.

O músico regressa a Portugal 4 anos depois, numa digressão europeia, que passa em dose dupla pelo Estádio da Luz.

Os bilhetes esgotaram rapidamente, mas quem não conseguiu agora, terá nova oportunidade.

Em 2017, Ed Sheeran foi o artista que mais discos vendeu em todo o mundo, com o terceiro álbum, "Divide", segundo contas da Federação Internaiconal de Indústria Discográfica, que congrega representantes da indústria discográfica de vários países.

Editado em março de 2017 e distinguido com um Grammy de melhor álbum pop vocal, "Divide" inclui temas como "Shape of You" - o mais tocado na plataforma Spotify em 2017 -, "Castle on the hill", "Galway girl" e "Perfect".