O musico Bobd Dylan lançou, esta sexta-feira, um novo tema de quase 17 minutos, chamado "Murder most foul", em português "O assassinato mais repugnante". A canção trata a morte do antigo presidente norte-americano John F. Kennedy.

A música foi publicada em várias plataformas, acompanhada por uma mensagem do músico, e Nobel da Literatura, de 78 anos: "Saudações aos meus fãs e seguidores, com gratidão por todo o apoio e lealdade ao longo dos anos. Esta é uma canção inédita gravada há algum tempo, que podem achar interessante".

Tendo em conta a crise que o mundo vive, devido à pandemia causada pelo novo coronavírus, o artista despede-se, pedindo aos seguidores "mantenham-se seguros e que Deus esteja convosco".

Este é o primeiro trabalho original que Dylan lança desde 2012, ano em que colocou no mercado o álbum "Tempest". Em 2017, publicou um disco com 30 versões de clássicos da música norte-americana.

Há quatro anos, em 2016, foi distinguido com o Prémio Nobel da Literatura por "ter criado novas formas de expressão poéticas no quadro da grande tradição da música americana".

Emanuel Monteiro