A cantora norte-americana Demi Lovato revelou no documentário 'Dancing With The Devil' que foi abusada sexualmente quando era adolescente, numa altura em que fazia parte de um elenco da Disney.

Sei que o que vou dizer vai chocar algumas pessoas também, mas quando era adolescente perdi a minha virgindade quando fui abusada", revelou a cantora.

 

Perdi a minha virgindade numa violação (...) Um mês depois liguei à pessoa e tentei resolver as coisas, mas tudo o que consegui foi apenas fazer sentir-me pior", contou.

 

Estávamos abraçados, mas eu disse ‘sou virgem e isto não vai passar daqui, mas ele avançou na mesma’”, continuou.

Agora com 28 anos, Lovato não revelou o nome do agressor, mas detalhou que o abuso ocorreu quando ela "fazia parte do elenco da Disney" e que teve de "continuar a ver essa pessoa no dia a dia" depois do ataque. 

Recorde-se que a artista ganhou fama com o filme Channel Camp Rock, filmado quando tinha 15 anos.  

O documentário aborda ainda a overdose sofrida pela cantora em 2018 e que lhe causou danos cerebrais e cegueira parcial e a luta de Lovato contra o vício.

A série documental dividida em quatro partes estreia no dia 23 de março nos Estados Unidos.

 

 

Redação / LF