Jared Leto, vocalista e líder da banda 30 Seconds To Mars, admitiu que as respostas ao seu novo vídeo, «Hurricane», deixaram-no surpreso. Leto confidenciou que esperava que a versão explicita fosse contestada pelas televisões mas que não esperava o mesmo face à versão clean.

À «Entertainment Weekly» disse que o vídeo foi recebido num tempo difícil e culpou o que percebeu ser os padrões duplos na indústria musical:

«Não estou interessado em provocar só por provocar. Penso somente que quando ligas o noticiário ou alguma coisa que capte o teu interesse, há sempre muita violência e negatividade por aí».

«Assim que chega a vez da sexualidade, é sempre um grande choque que as pessoas sejam seres sexuais. É um padrão duplo que acho muito interessante».

O vídeo de «Hurricane», revelado no dia 29 de Novembro, tem cerca de 13 minutos de duração e inclui cenas de sexo e de nudez.

A música faz parte do mais recente álbum da banda, «This is War» e contou com a colaboração de Kanye West.

É esse registo que a banda de Jared Leto vem apresentar em Portugal. O grupo actua pela terceira vez no dia 16 de Dezembro no Pavilhão Atlântico, em Lisboa.

Vê aqui a versão completa do vídeo

Vê aqui o trailer para o single «Hurricane»