Um tribunal federal do estado do Massachusetts, nos Estados Unidos, condenou Joel Tenebaum a pagar uma indemnização de 675 mil dolares (cerca de 540 mil euros) por ter descarregado da internet e ter distribuído online 31 músicas.

Agora com 29 anos, Tenebaum começou a ser perseguido pela justiça e pelas editoras discográficas era ainda um estudante universitário. Na altura foi condenado a pagar 3.500 dólares (cerca de 2.800 euros) às editoras. A sua resposta foi que não podia pagar mais do 500 dólares (400 euros).

Mas Tenebaum não parou de descarregar e distribuir mais músicas online. Nem a justiça ou as editoras norte-americanas desistiram de o fazer parar. Agora, impuseram-lhe uma indemnização milionária, como noticia o «CNET».