Foram revelados vários pormenores sobre a misteriosa morte do cantor brasileiro MC Kevin. Duas testemunhas vieram contradizer a versão apresentada pelos amigos, que alegaram que o artista morreu na sequência de uma queda do quinto andar, num hotel na zona da Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro, enquanto tentava sentar de uma varanda para a outra.

Numa entrevista exclusiva à RecordTV, Bianca Rodrigues, modelo e acompanhante de luxo que se encontrava hospedada no hotel ao lado, disse que assistiu a tudo e que MC Kevin foi incentivado a saltar. 

Quando eu tentei me aproximar para ver o que ele estava fazendo, eu já vi as mãos dele se soltando. Aí eu entrei em desespero, porque eu vi o momento em que ele caiu"

No dia em que tudo aconteceu, Bianca estava no quarto com o MC Kevin e o amigo MC VK enquanto acompanhante de luxo. Questionada sobre o porquê de não ter ajudado a salvar o cantor, explicou que não teve tempo porque "foi tudo muito rápido". Admitiu ainda que estava sob o efeito de drogas e álcool, o que fez com que a capacidade de reação fosse mais lenta.

De acordo com o advogado, Bianca assistiu a uma discussão muito acesa entre os dois artistas perto da varanda do quarto.

Segundo os relatos da minha cliente, o MC VK e o MC Kevin discutiam sobre a possibilidade da senhora Deolane [mulher de Kevin] estar a vir no corredor do quarto 502", explicou Danilo Garcia de Andrade à RecordTV. 

Também esta revelação contradiz o que foi dito por MC VK às autoridades na altura. No depoimento, o artista brasileiro disse que estava a sair do banho quando viu Kevin a saltar da varanda. 

Eu fiquei pouco tempo no banho, cerca de três minutos. Ao sair, ao abrir a cortina, eu visualizei o Kevin soltando o parapeito da varanda", relatou na altura dos factos. 

Estas novas revelações feitas por Bianca foram todas acrescentadas ao depoimento que a modelo e acompanhante de luxo deu na altura às autoridades e também já foram enviadas ao Ministério Público. 

Jimmy Júnior: "Ele estava a VK que o ajudasse"

No entanto, há uma nova testemunha que fez, talvez, a revelação mais grave. Segundo a RecordTV, Fernando Jimmy Júnior, músico português de 22 anos, estava hospedado no hotel Casa Del Mar e disse que assistiu ao momento da queda do cantor brasileiro. 

Confirmo que vi a queda do MC Kevin. Foi uma mera coincidência eu estar no hotel ao lado de MC Kevin. Pois eu não sabia da presença dele naquela cidade [Rio de Janeiro]”, disse à RecordTV. 

Jimmy Junior estava na varanda do sexto andar do hotel onde estava hospedado com a irmã, ou seja, de frente para a varanda de Kevin, a cerca de 20 metros de distância. Confirma ainda que presenciou os atos sexuais entre Bianca e Kevin. 

Na mesma linha da acompanhante de luxo, o músico português disse que viu MC VK a incentivar Kevin a pendurar-se na varanda e que não foi ter com ele quando este gritou por ajuda. 

MC VK estava a incentivar Kevin para se pendurar naquele local. O Kevin largou a mão direita e ficou somente apoiado com a mão esquerda e ali deu claramente para ouvir o que ele estava a dizer. Ele estava a VK que o ajudasse".  

 

Ele disse 'me ajuda, me ajuda'", acrescentou. 

Fernando Jimmy Júnior contactou o advogado de Bianca para contar tudo aquilo que viu, por essa razão, também esta nova versão dos factos já foi encaminhada para as autoridades e para o Ministério Público. 

VEJA TAMBÉM:

Recorde-se que uma autópsia ao corpo de Kevin Nascimento Bueno, revelada a 20 de maio, concluiu que o músico sofreu uma hemorragia na cabeça, perfurou o pulmão e o fígado, entre outras lesões. O músico sofreu ainda fraturas no nariz, no maxilar e em 10 costelas do lado esquerdo do corpo.

O cantor brasileiro estava hospedado com a mulher, Deolane Bezerra, e membros do seu grupo. Todas estas testemunhas já foram ouvidos pelas autoridades.

Cláudia Évora