O fadista Paulo Bragança está a preparar um novo álbum, o primeiro em mais de dez anos, e apresentará alguns dos temas, ainda em desenvolvimento, num concerto no sábado na Casa do Alentejo, em Lisboa, escreve a agência Lusa.

Este será o primeiro concerto de Paulo Bragança em nome próprio em Lisboa, depois de ter vivido vários anos na República da Irlanda.

De regresso a Portugal, Paulo Bragança está a trabalhar no novo álbum, sucessor de «Lua Semi-Nova», de 2001, e temas têm autoria partilhada com Francisco Cordovil e Carlos Maria Trindade, músico que também assina a produção.

A gravação do disco está a decorrer entre Lisboa, Paris e Dublin, onde Paulo Bragança viveu.

No concerto de sábado em Lisboa, Paulo Bragança estará acompanhado dos músicos Francisco Cordovil (guitarra acústica, elétrica e portuguesa), Carlos Maria Trindade (teclados), Quim Correia (baixo acústico e elétrico), Ricardo Parreira (guitarra portuguesa) e Marco Oliveira (guitarra acústica).

Considerado um dos radicais renovadores do fado, Paulo Bragança lançou o primeiro álbum, «Notas Sobre a Alma», em 1992, seguindo-se, dois anos depois «Amai», com produção de Rui Vaz e Carlos Maria Trindade, um disco que chamou a atenção do músico e editor David Byrne.

Em 1996, lançou «O Mistério do Fado», com um retrato do avô na capa e com uma versão de «Remar Remar», dos Xutos & Pontapés, no seu interior.

Em junho, Paulo Bragança atuou em Lisboa com A Naifa, num concerto que será editado pelo grupo em DVD.



Redação