O cantor Chris Brown foi detido, esta segunda-feira, pela polícia francesa depois de uma jovem de 24 anos o ter acusado de violação.

Segundo conta a revista Closer, tudo terá acontecido na noite de 15 para 16 de janeiro. Depois de ter conhecido o cantor norte-americano na discoteca "Le Crystal", perto dos Campos Elísios, a jovem foi convidada por Chris Brown, juntamente com outras amigas, para o acompanhar ao hotel Le Mandarin Oriental, onde diz ter sido violada.

Na queixa que apresentou às autoridades francesas, a jovem diz ainda que foi abusada por um amigo e por um guarda-costas do cantor.

O cantor, de 29 anos, foi detido na segunda-feira de manhã pela polícia judiciária de Paris, assim como o amigo e o guarda-costa. A polícia já esteve no hotel onde o cantor estava hospedado, tendo sido aberta uma investigação ao caso.

Esta não é a primeira vez que o cantor tem problemas com a polícia. No ano passado, Chris Brown foi detido na Flórida por ter atacado um fotógrafo, em 2017, na cidade de Tampa. Já em 2016, o cantor tinha sido detido por suspeitas de agressão.

O caso mais polémico em que Chris Brown esteve envolvido aconteceu em 2009 quando agrediu a ex-namorada, a também cantora Rhianna, em fevereiro desse ano. A atitude valeu ao cantor de R&B cinco anos de liberdade condicional e ainda seis meses de trabalho comunitário.