O músico Roger Waters cantou 'Wish You Were Here' em protesto contra a extradição de Julian Assange para os Estados Unidos, onde é acusado de espionagem depois de ter divulgado vários documentos que estavam sob segredo do governo norte-americano. A manifestação juntou-se no ministério do Interior do Reino Unido, perto da estação de Westminster, em Londres. O governo britânico assinou um pedido de extradição há cerca de três meses.

A atuação aconteceu às 18:00, e envolveu vários apoiantes de Julian Assange. No cartaz do evento é bem explícita a mensagem que o evento pretendia passar, com letras a dizer "defesa da liberdade de expressão" e "não extraditem Assange". Além da música, houve também o discurso de John Pilger, um jornalista e realizador de documentários premiado.

Julian Assange está detido desde 11 de abril, altura em que as autoridades do Reino Unido retiraram o homem da embaixada do Equador em Londres, onde passou sete anos. O fundador da Wikileaks tinha ainda um processo judicial na Suécia, onde era suspeito de violação. O tribunal sueco decidiu não avançar para o pedido de detenção.

O tema 'Wish You Were Here' foi lançado em 1975, fazendo parte de um álbum homónimo. Tornou-se uma das canções mais icónicas dos Pink Floyd.