A cantora Rihanna processou o pai, Ronald Fenty, acusando o progenitor de tirar partido de forma fraudulenta do nome de família, que é também o nome utilizado pela artista como marca registada em vários negócios, como a sua linha de produtos de beleza, a Fenty Beauty.

De acordo com a imprensa norte-americana, o processo deu entrada esta terça-feira num tribunal de Los Angeles. Rihanna, de seu nome completo Robyn Rihanna Fenty, acusa o pai e o seu parceiro de negócios, Moses Perkins, de invasão de privacidade e de associarem “de forma flagrante e fraudulenta” a empresa de ambos, a Fenty Entertainment, à popstar.

No processo lê-se que a Fenty Entertainment, criada em 2017, tem-se promovido à custa da fama de Rihanna e da notoriedade da marca Fenty, alegando no seu site e nas suas redes sociais que está associada à cantora.

Ainda de acordo com o documento, a Fenty Entertainment terá agendado vários concertos da cantora sem a sua autorização, incluindo uma tour de 15 espetáculos pela América Latina, no valor de 15 milhões de dólares (cerca de 13 milhões de euros). A Fenty Entertainment também terá alegado, falsamente, o envolvimento de Rihanna num projeto para uma cadeia de hotéis.

No processo, a artista nega qualquer ligação à empresa do pai e afirma que o progenitor “não tem e nunca teve autoridade para agir em seu nome”.

Apesar de o Sr. Fenty ser o pai de Rihanna, ele não tem, e nunca teve, autoridade para agir em nome de Rihanna”, lê-se no processo.

Rihanna diz que enviou várias cartas ao pai, no sentido de que este parasse de utilizar indevidamente o nome Fenty, mas que ele ignorou todos os seus pedidos.

Por isso, a artista quer agora que seja a justiça norte-americana a proibir a utilização do nome pelo progenitor, exigindo também uma indemnização por danos causados.

Apesar de uma fotografia publicada no Instagram de Rihanna, em agosto de 2018, mostrar a cantora e o pai num momento de aparente ternura, a relação entre ambos sempre foi tensa. 

A popstar revelou, em 2012, numa entrevista a Oprah Winfrey, que, na sua infância, o pai era viciado em drogas e agredia a mãe. 

Mas ele era um dos melhores pais. Apesar de ser horrível com a minha mãe, ele era um excelente pai", contou. 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

👨‍👧💕

A post shared by badgalriri (@badgalriri) on

Sofia Santana