«Rated R», o novo disco de Rihanna que chega às lojas na próxima segunda-feira, poderia ter sido um álbum de música rock.

Segundo o jornal «Daily Star», a cantora dos Barbados queria afastar-se do R&B e pop que têm marcado a sua carreira, seguindo um caminho com mais distorção.

Rihanna recrutou o português Nuno Bettencourt, guitarrista dos Extreme, para participar no concerto de apresentação do novo disco em Londres, no passado dia 16 de Novembro.

Bettencourt revelou que aceitou o convite depois de se aperceber da veia roqueira da cantora de 21 anos: «Já me tinham convidado a actuar com artistas pop, mas tinha sempre recusado porque eles não estavam na mesma onda».

«Mas quando falei com a Rihanna, ela queria transformar-se numa roqueira. Ela andava a ouvir bandas como os Led Zeppelin ou os Paramore e disse-me que queria seguir essa direcção. Por isso, aceitei», explicou o guitarrista ao «Daily Star».

No entanto, o desejo de Rihanna em fazer um disco de rock terá esbarrado nos planos da sua editora, a Def Jam. «Acho que a editora dela passou-se, e então escolheram uma direcção diferente para o disco», comentou Nuno Bettencourt.

O guitarrista português irá participar na digressão de promoção a «Rated R» em 2010, mas assegurou que tal não significa que os Extreme irão acabar.

«Este não é o fim dos Extreme. Vamos lançar um CD/DVD ao vivo no início de 2010 e contamos escrever novo material», afirmou.