Marília Mendonça e quatro outras pessoas morreram após o avião em que seguiam ter caído esta sexta-feira no interior do estado de Minas Gerais, no Brasil. Não houve sobreviventes do acidente.

De acordo com o portal de notícias G1, dentro da aeronave, com capacidade para seis passageiros, estavam a cantora, um produtor, um assessor, o piloto e o copiloto.

Marília Mendonça partilhou o momento do embarque no Instagram.

A assessoria da cantora e compositora confirmou cinco mortes.

Com imenso pesar, confirmamos a morte da cantora Marília Mendonça, seu produtor Henrique Ribeiro, seu tio e assessor Abicieli Silveira Dias Filho, do piloto e co-piloto do avião, os quais iremos preservar os nomes neste momento. O avião descolou de Goiânia com destino a Caratinga/Minas Gerais, onde Marília teria uma apresentação esta noite. De momento, são estas as informações que temos", informou em nota a assessoria da cantora.

 

A cantora deslocava-se para um espetáculo em Caratinga, no estado de Minas Gerais e, momentos antes da queda, partilhou um vídeo a entrar na aeronave.

Marília Mendonça tinha três concertos agendados para Portugal. A artista ia atuar no Porto, onde já tinha um espetáculo esgotado no dia 28 de novembro e outro no dia 27 também deste mês. Em Lisboa, a cantora de sertanejo ia atuar no dia 29 de novembro.

A jovem artista, de 26 anos, era um dos nomes de maior sucesso do estilo sertanejo na atualidade e já tinha atuado em Portugal.

Marília Dias Mendonça nasceu no Estado de Goiás em julho de 1995. O seu primeiro EP foi lançado em 2014, com músicas como "Alô Porteiro" e "Sentimento Louco".

Mas a projeção nacional foi alcançada mais tarde, em 2016, com o seu álbum de estreia, "Marília Mendonça", que conta com músicas de sucesso como "Infiel", "Folgado", "Saudade do Meu Ex" e "Eu sei de Cor" e, a partir daí, o sucesso só aumentou.

Apelidada de "rainha da sofrência", devido às letras emotivas das suas músicas, Marília continuou a fazer furor durante a pandemia de covid-19, batendo recordes nas redes sociais nas transmissões ao vivo que fazia, chegando a obter mais de 3,5 milhões de acessos simultâneos no seu canal do YouTube na sua primeira 'live'.

Recentemente, Marília juntou-se às suas amigas da dupla sertaneja Maiara e Maraísa e lançaram o projeto "Patroas" que traz letras de poder feminino e de exaltação da voz das mulheres no sertanejo.

Marília Mendonça deixa um filho que completa dois anos de idade em dezembro.

Nuno Mandeiro / Com Lusa - notícia atualizada às 8:30