O défice orçamental dos EUA deve disparar no exercício 2008-2009 para um valor recorde de 1.845 milhões de dólares, o que equivale a 13,1% do Produto Interno Bruto, revelou o Gabinete do Orçamento do Congresso.

O novo número está muito acima da anterior estimativa, divulgada em Janeiro, que apontava para 1.200 milhões de dólares (885 milhões de euros) e que esteve na base do orçamento apresentado em Fevereiro pela Casa Branca, refere a Lusa.

Na causa do disparo do défice estará o aumento de 34% na despesa, mais 4.004 milhões de dólares, e a queda de 15% nas receitas, menos 2.159 milhões de dólares.

Já o défice esperado para 2010 aponta para os 1.379 milhões de dólares, caindo para 1.000 milhões de dólares em 2011.

A Casa Branca reagiu já aos dados, afirmando que o valor do défice não contrariará os objectivos de relançamento económico do Presidente Barack Obama.

«Este número não muda as metas do presidente, nem a sua capacidade para reduzir o défice», frisou aos jornalistas o porta-voz Robert Gibbs.

Obama assumiu o compromisso de colocar até 2013 o défice orçamental no patamar em que estava antes de eclodir a crise.