Tenho a certeza de que estou novamente a enlouquecer: sinto que não posso suportar outro desses terríveis períodos. E desta vez não me restabelecerei. Estou a começar a ouvir vozes e não consigo concentrar-me. Por isso vou fazer o que me parece ser o melhor."

Virgínia Woolf, última carta ao marido

O nome da escritora, que se suicidou, dá a designação à peça que está em cena no teatro Trindade, em Lisboa: " Quem tem medo de Virgínia Woolf?".

É uma narrativa que nos interpela a todos sobre a nossa vida mais íntima, mais profunda. Temos um casal desgastado que se agride verbalmente, psicologicamente até aos limites do suportável. A história que foi contada no cinema por Elizabeth Taylor e Richard Burton, tem aqui uma interpretação poderosa de Alexandra Lencastre e Diogo Infante nos papéis principais; Marta e George.

Durante duas horas, todos nós vemos a nossa vida refletida no espelho. É cruel. É violento. Mas quase tudo é tão verídico!

A interpretação de Alexandra e Diogo é avassaladora. É um trabalho de excelência de dois grandes nomes do teatro português, ambos atualmente ao serviço da TVI.

Saí da peça esventrada, desfeita em lágrimas, mas vou voltar. Preciso para voltar a ouvir, ver e reciclar para mim própria todas as palavras que ali são ditas e a forma como são ditas.