Miguel Sousa Tavares comentou esta segunda-feira, no Jornal das 8 da TVI, o alerta deixado pelo Bispo Auxiliar de Braga à classe política sobre o perigo da corrupção e das mãos sujas no poder. Sousa Tavares considera que esta foi uma "frase imponderada" porque "se há instituição que não tem autoridade moral para dar lições de ética é a Igreja Católica devido aos escândalos de pedofilia".

Outro dos temas analisados pelo comentador da TVI foi o início do segundo mandato de Nicolas Maduro na Venezuela. Sousa Tavares frisou que Maduro é o oposto de Jair Bolsonaro, mas ao contrário do homólogo brasileiro, o presidente venezuelano "foi eleito em eleições que não são reconhecidas por ninguém".

E no dia em que se assinalam dois anos desde a morte de Mário Soares, Sousa Tavares falou sobre a Fundação com o nome do antigo Presidente da República. A Fundação Mário Soares vai ser transformada em arquivo. 

O Jornal das 8 da TVI desta segunda-feira, com assinatura de Miguel Sousa Tavares, ficou ainda marcado pela entrevista do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, Pedro Marques, no dia em que foi lançado o concurso para 22 novos comboios.