Constança Cunha e Sá afirmou no seu espaço de comentário, na 21.ª Hora da TVI24, que “a ideia que dá" é que o PSD "vai continuar desunido" mesmo após a vitória de Rui Rio nas eleições internas.

A ideia que dá é que o partido vai continuar desunido e vai continuar a instabilidade e as críticas permanentes que tem havido até agora.”

Na rúbrica "Hora de Constança", a comentadora da TVI24 explicou que Luís Montenegro “parece que deu um discurso de vitória” e “Teresa Morais disse logo que não ia aceitar o partido unido à volta de Rio”.

Ainda assim, Constança Cunha e Sá sublinhou que as circunstâncias mudaram para Rui Rio: agora o líder do PSD “tem o grupo parlamentar com ele” – até agora era preenchido com muitos críticos à sua liderança – e as próprias declarações das vozes críticas transformaram-se “num trunfo”.  

O congresso do Livre foi o segundo tema em análise, esta segunda-feira. Constança Cunha e Sá considerou que o congresso "foi um espectáculo penoso" e que "a decisão de retirar a confiança" a Joacine Katar Moreira "é uma questão de tempo"

É absolutamente certo que mais semana menos semana o divórcio seja formalizado."