Paulo Rangel acusou Governo de “querer dar sinais de facilitismo” ao extinguir os chumbos até ao 9º ano, programa "Prova dos 9". O eurodeputado reitera que é a favor da existência de chumbos até ao 9º ano. Rangel reconhece que existem demasiadas retenções em Portugal, mas garante que o caminho para baixar este número não pode ser a solução encontrada pelo Governo.

Pedro Silva Pereira explicou que a motivação do Governo para tentar extinguir os chumbos até ao 9º ano é reduzir o número de reprovações. O eurodeputado socialista relembrou ainda que, neste ramo, Portugal está a baixo da média dos países da OCDE.

A ideia do PS é reduzir as retenções no ensino básico”, esclareceu Pedro Silva Pereira.

 

Fernando Rosas apresentou os casos da Dinamarca, Finlândia e Suécia, onde o fim da retenção obrigatória melhorou o sistema escolar, para justificar a opção do Governo em terminar com os chumbos no ensino básico. O bloquista explicou ainda que está demonstrado que quem chumba mais são os alunos mais vulneráveis do ponto de vista social.

Sistema escolar falha na integração, condução e na formação dos mais vulneráveis”, referiu Fernando Rosas