«Será que entre França e Troyes não falta um “o” ou uma vírgula?», «No quarto parágrafo não deveria ter um ponto?»

A abordagem costuma ser esta por chat.

Podia apresentar o João Vicente como um dos leitores mais fiéis do Maisfutebol, mas talvez pecasse por defeito.

De forma voluntária, o João tornou-se num colaborador ativo do jornal.

Dá as «gralhas». Ou seja, aponta erros nos artigos e avisa-nos. Parecendo simples, é uma tarefa relevante e uma ajuda.

Fá-lo por gosto. Todo o dia. Todos os dias. Às vezes, às 9 horas da manhã, outras já depois da meia-noite.

Alerta o editor para o que está mal. Se tal não for possível, só descansa quando chega ao jornalista para o avisar de uma palavra mal escrita ou para uma incongruência factual. Fá-lo com uma diligência e dedicação admiráveis para quem não tem qualquer outro vínculo que não emocional.

Hoje, que o Maisfutebol faz 20 anos, tomei a liberdade de lhe lançar o desafio: que seja, desta vez, ele a escrever o que acha do jornal que lhe faz companhia no dia a dia.

O Maisfutebol é tanto de quem cá trabalha como de quem o lê. Um jornal é tanto mais fiel aos seus leitores quanto melhor os souber ouvir. Há que perceber quem está desse lado.

Assim sendo, em representação de milhares de leitores diários, cedo ao João Vicente este meu espaço de opinião.

Que seja ele – e vocês – a dizer-nos o que é o Maisfutebol:

«O Maisfutebol entrou na minha vida porque estava aqui sem nada para fazer e quis arranjar uma ocupação. E nada melhor do que ocupar-me com um site que leio, que tem um grupo de jornalistas (em Lisboa e no Porto) que é um prazer ajudar e com quem falo diariamente.

Tenho os meus textos de opinião preferidos, mas não deixo de ler igualmente os outros.

Vi o site em 2015 pela primeira vez, tinha um «ao minuto» diferente daquele que tem hoje e achei importante acompanhar por ali as incidências e estatísticas dos jogos e o que o jornalista que está no estádio vai escrevendo.

Também não quero deixar aqui de referir a MF Total, a revista digital que o Maisfutebol tem mais de 900 edições, que tem artigos recomendáveis todas as semanas.

Contacto com as pessoas que trabalham no Maisfutebol através das redes sociais e dou o meu contributo da forma que acho mais útil.

Por isso, digo, sou dos leitores mais assíduos e fiéis que o Maisfutebol terá e não tenho qualquer problema em o dizer.»

João Vicente, leitor fiel do Maisfutebol

--

«Geraldinos & Arquibaldos» é um espaço de crónica quinzenal da autoria do jornalista Sérgio Pires. O título é inspirado pela expressão criada pelo jornalista e escritor brasileiro Nelson Rodrigues, que distinguia os adeptos do Maracanã entre o povo da geral e a burguesia da arquibancada.

Sérgio Pires