Marques Mendes considera que este caso da destruição das escutas de José Sócrates, no âmbito do processo Face Oculta, desprestigia a Justiça portuguesa.

Em entrevista à TVI 24, no comentário semanal que faz às quintas-feiras, Marques Mendes diz que é fundamental que os responsáveis pela Justiça dêem uma explicação que acabe com todas as questões. «Era obrigação da Justiça, seja ao nível do presidente do Tribunal Constitucional, ou do Procurador-Geral da República, dar um esclarecimento sobre o que se passa», afirmou.

«O despacho de destruição já tem meses, parece que demorou uma eternidade a ser enviado todo o material da Procuradoria para Aveiro, agora há mais dados e necessidade de mais explicações. Ninguém entende isto. Ninguém dá uma explicação e eu julgo que estes altos responsáveis da Justiça não percebem que desta forma, sem um esclarecimento cabal e definitivo das coisas, a Justiça está cada vez a desprestigiar-se mais», defendeu.