D. Américo Aguiar, bispo auxiliar de Lisboa, esteve esta segunda-feira no Jornal das 8 onde, em entrevista com Miguel Sousa Tavares, falou sobre o 13 de outubro no Santuário de Fátima.

Ciente da vontade dos peregrinos em rumar a Fátima para celebrar o 13 de outubro, o bispo auxiliar de Lisboa reiterou os pedidos já feitos pelo reitor do Santuário e pelo bispo de Leiria-Fátima, e apelou- às pessoas que não vão "nestas datas específicas".

"Aqueles que pensam em rumar ao santuário amanhã, pedir-lhes que não o façam. Que vão no 14, no 15, no 16, em datas mais espalhadas de modo a não criarmos as condições óptimas para que o coronavirus apanhe mais um, mais dois, mais cinco, mais sete, infelizmente", afirmou D. Américo Aguiar.

Lembrando que católicos têm "feito um esforço complementar" para serem "exemplares" no cumprimento das regras para evitar a contaminação da covid, o bispo pediu ainda que esse esforço continue a ser feito.

"Nós, católicos, desde o início que temos feito um esforço suplementar de sermos pedagógicas, de sermos exemplares, junto da população em geral naquilo que significa não criar condições para a contaminação. Por isso, apelamos, tal como fez o reitor do santuário e o bispo de Leiria-Fátima, para que os peregrinos não se concentrem, não vão amanhã concentrar-se no santuário, mas que dividam a sua passagem nos próximos dias".

Redação / AM