No espaço de comentário do Jornal das 8 desta segunda-feira, Miguel Sousa Tavares comentou a medida do Governo de redução do preço dos passes sociais. Para o comentador, "é uma boa medida em todos aspetos".

A única questão é por que não foi tomada antes", sublinhou.

Miguel Sousa Tavares realçou que esta redução do preço pode incentivar mais pessoas a usar os transportes públicos, o que é positivo a nível ambiental, uma vez que assim é reduzido o número de carros e a nível económico. E também a nível económico, dado que permite aumentar a produtividade das pessoas, que acabam por perder menos tempo no trânsito. 

Para muitos, esta é uma medida eleitoralista. Mas Miguel Sousa Tavares considera que isso é "absurdo". 

Se isto é uma medida eleitoralista isso significa que qualquer governo nunca poderia tomar medidas que são boas para as pessoas em ano de eleições", afirmou.

O comentador abordou ainda o caso do hacker Rui Pinto. O advogado do pirata informático revelou recentemente que Rui Pinto tem informações sobre ligações ao crime de altas figuras do mundo do futebol, da política e do ramo empresarial. Miguel Sousa Tavares considera que essas informações podem ter um efeito de "dinamite".

No Jornal das 8 desta segunda-feira, Miguel Sousa Tavares entrevistou ainda o bispo auxiliar de Lisboa. Nessa entrevista, D. Américo Aguiar comentou as declarações do Papa Francisco que referiu que "é preciso ir limpando o Vaticano" dos pecados. Para o bispo, existe realmente essa necessidade, mas "não se pode fazer limpezas só para as visitas não verem as coisas sujas".