O Governo e o PSD chegaram a acordo sobre o Orçamento do Estado para 2011.O entendimento sobre o Orçamento é válido para a votação na generalidade e tudo aponta para que seja também na especialidade.

O «Discurso Directo» desta segunda-feira vai discutir o acordo feito entre o Governo e o PSD, um acordo que alterou algumas das medidas previstas na proposta do Orçamento do Estado.

Os novos tectos para as deduções fiscais só se vão aplicar para quem tem rendimentos a partir dos 4.600 euros brutos mensais.

A taxa máxima do IVA vai mesmo subir para os 23 por cento, mas muitos produtos alimentares considerados essenciais vão continuar taxados a 6 por cento.

Para falar sobre este tema vai estar em estúdio o politólogo José Fontes. Contamos também com a sua opinião.

Para participar ligue 21 044 11 45 ou envie um email para discursodirecto@tvi.pt.
Redação / PB