O líder do PSD garantiu que não irá para o Governo «substituir os boys do PS pelos boys do PSD». «Tudo aquilo que for gente bem preparada e competente, lá estará a trabalhar, mas não hesitarei um segundo, um segundo que seja, a limpar de lugares políticos da administração o que não é senão gente incapaz, que foi nomeada e continua a ser nomeada apenas para arranjar emprego a partidários e não a pessoas que merecem esses empregos».