“O que está em causa é saber hoje se o voto dos portugueses prevalece face a tentativas de secretaria, como no tempo do PREC (Período Revolucionário Em Curso) havia quem dissesse que a legitimidade revolucionária se sobrepunha ao voto"





“Sem maioria absoluta e, por isso, a coligação entendeu que deve governar e procurar compromissos em diálogo com o maior partido da oposição”