O PSD pediu esclarecimentos ao ministro da Agricultura sobre a alegada imposição de sigilo aos produtores florestais quanto às acções de erradicação da praga do nemátodo do pinheiro, anunciou, esta sexta-feira, o líder do grupo parlamentar, Paulo Rangel, segundo a Agência Lusa.

«Já sabíamos que o ministro da Agricultura era um dos mais incompetentes deste Governo e a sua grande função é destruir a agricultura», afirmou Paulo Rangel, que acusou o ministro Jaime Silva de «estar eivado deste verdadeiro vírus que é a claustrofobia democrática».

Em declarações aos jornalistas no Parlamento, o deputado social-democrata acusou o Governo de impor a «lei da rolha» às associações e produtores com que tem realizado protocolos para combater o nemátodo do pinheiro, uma notícia avançada, esta sexta-feira, pelo jornal Público, e classificou a situação de «inaceitável».

«Não se compreende porquê. O país não ganha nada com esta cortina de fumo, com este segredo sobre o nemátodo», criticou Paulo Rangel, que condenou ainda os «três anos de insucesso total no combate a esta chaga do pinheiro».

Para Paulo Rangel, «o Governo quer ocultar a situação, quer fazer de conta que o nemátodo não existe. O Governo não quer saber a verdade».

Nesse sentido, o grupo parlamentar do PSD entregou esta sexta-feira, no Parlamento, um conjunto de questões dirigidas ao ministro, nomeadamente sobre se Jaime Silva «deu alguma orientação no sentido de condicionar os apoios a conceder às associações, à aceitação por parte destas de uma cláusula de sigilo na divulgação de dados resultantes das acções de erradicação».

«Não considera o senhor ministro abusiva e injustificada a ocultação de dados? Não considera, ao invés, que os portugueses têm o direito de saber qual a real dimensão da doença do nemátodo da madeira do pinheiro?», questiona ainda o PSD no documento dirigido ao ministro Jaime Silva.

O grupo parlamentar social-democrata quer ainda saber se vai ser cumprido o prazo de 30 de Abril apontado para a finalização dos trabalhos de erradicação da doença que afecta os pinheiros.

A bancada do PSD admite pedir a presença do ministro da Agricultura no Parlamento «se o esclarecimento não chegar rapidamente», mas Paulo Rangel referiu que «o ministro da Agricultura tem sido completamente relapso» na Assembleia da República.

«É um não-ministro do ponto de vista da governação em Portugal», afirmou o líder da bancada do PSD.
Redação / TG