A Polícia Marítima já “passou a pente fino” a embarcação semirrígida que na terça-feira foi localizada no mar, à deriva, vazia, tendo sido arrastada para a costa, a norte de Vila Praia de Âncora, Caminha, disse esta quarta-feira o capitão do porto local.

Contactado pela agência Lusa, o capitão do porto e comandante da Polícia Marítima de Caminha, Pedro Santos Jorge, adiantou que a embarcação está a ser retirada do local em que encalhou, uma zona “muito rochosa, de difícil acesso”.

“A embarcação vai ficar à guarda da Polícia Marítima e o caso será participado ao Ministério Público”, acrescentou, escusando-se a adiantar quaisquer outros dados sobre a investigação.

Em causa uma embarcação com casco de fibra e com três motores de alta cilindrada.

Na terça-feira, Pedro Santos Jorge referiu que a capitania não tinha reportada “nenhuma ocorrência de desaparecimento de qualquer embarcação, nem nenhum pedido de auxílio”.

 

/ BMA