O Conselho Nacional da Iniciativa Liberal reúne-se no domingo em Condeixa-a-Nova e vai debater a marcação da Convenção Nacional eletiva do partido, sendo a proposta em análise o fim de semana de 11 e 12 de dezembro.

De acordo com a convocatória a que a agência Lusa teve acesso, esta reunião do Conselho Nacional fará o balanço dos resultados das eleições autárquicas e ainda a deliberação do Regimento da VI Convenção Nacional da Iniciativa Liberal, na qual será eleita a comissão executiva.

A última convenção eletiva para a comissão executiva foi há dois anos, em dezembro de 2019, em Pombal, na qual foi eleito presidente o candidato único, e também deputado único do partido, João Cotrim Figueiredo, substituindo Carlos Guimarães Pinto.

A data proposta para a próxima Convenção Nacional que vai ser colocada à consideração e deliberação dos conselheiros será o fim de semana de 11 e 12 dezembro, sendo Lisboa a localização sugerida.

Assim, em meados de dezembro os liberais também vão a eleições para a sua liderança.

Em 08 de dezembro de 2019, na III Convenção Nacional do partido, João Cotrim Figueiredo foi eleito presidente da Comissão Executiva da Iniciativa Liberal, uma candidatura única que recolheu 96% dos votos.

João Cotrim Figueiredo foi assim eleito presidente do partido, tendo a sua lista conseguido 181 votos.

O presidente eleito defendeu então que para o partido crescer teria de "falar para novos públicos e adotar novas causas", estabelecendo como alvo principal a juventude.

O público-alvo principal, para João Cotrim Figueiredo, devia ser a juventude.

É surpreendente e quase chocante perceber que não há nenhum partido que possa dizer que escolheu estrategicamente a juventude como alvo", apontou então.

/ JGR