Em 1910, um amigo de uma jovem portuguesa que coleccionava postais manda-lhes estes dois de Paris, e pergunta "houve para aí muito medo?". Deve ter havido, porque a visita do Cometa Halley desse ano foi uma das mais espectaculares registadas na longa história das visitas do cometa, e falava-se da presença de gases venenosos na sua cauda. Para além disso, as mudanças dos céus sempre foram vistas como presságios, nenhum bom. Era o fim do mundo, e estes dois postais caricaturais retratam a corrida para a Lua e para Marte dos terrestres assustados.

 

Como nos filmes catástrofe, a maioria entra em pânico e é o salve-se quem puder, mas há sempre um casal contemplativo que espera o fim do mundo  abraçado. E sim, havia um dirigível chamado Clément-Bayard II feito por um célebre construtor de automóveis, motociclos e bicicletas e que também se tinha aventurado no negócio da aviação. O Clément-Bayard I foi para o Czar Nicolau, o II para o exército francês.  

Veja aqui o programa Ephemera da TVI24

A TVI24 associa-se à biblioteca e arquivo de José Pacheco Pereira, publicando todos os dias uma imagem inédita dos fundos do arquivo, que estão a ser tratados mas ainda não foram publicados. Essa imagem, que pode ser uma fotografia, um panfleto, um documento, a capa de um livro, um objecto, um autocolante, um pin, um cartaz, um vídeo ou uma gravação será acompanhada por um pequeno texto que complementa a informação do EPHEMERA DIÁRIO. 

Quem possa ter mais documentação ou informações sobre a imagem/tema em causa pode enviar para jppereira@gmail.com ou jrreis@tvi.pt.

 

Pacheco Pereira