O Bloco de Esquerda (BE) de Santarém lamentou a vandalização do seu material de campanha durante a madrugada de hoje em Salvaterra de Magos, afirmando que tem sido alvo de intolerância no período que antecede as eleições autárquicas de domingo.

"Hoje acordámos mais pobres no nosso concelho. Mais pobres em democracia, tolerância e respeito pelos outros. A maioria do nosso material de campanha foi vandalizado esta noite", lê-se em comunicado enviado pela estrutura partidária.

 

O BE detalhou também o "roubo de muitas estruturas com cartazes", cada uma com mais de 20 kg e quase dois metros de altura, "a vandalização da montra da sede" e "o incrível roubo de um 'outdoor' com três metros de largura por quatro metros de altura".

 

 

"Temos sido ao longo da campanha os únicos a sofrer deste mal que afeta a nossa sociedade, que é a intolerância, a falta de respeito e de pluralidade, bem como a ausência de cultura democrática", lê-se na nota.

Sublinhando que não desiste e que mantém a mesma determinação, o BE reafirma o seu "compromisso para com o concelho".

Agência Lusa / BMA