O Parlamento aprovou, esta quinta-feira, a renovação do estado de emergência por mais 15 dias, até 14 de fevereiro.

PS, PSD, PAN, CDS e a deputada não inscrita Cristina Rodrigues votaram a favor.

PCP, PEV, Iniciativa Liberal, Chega e a deputada Joacine Katar Moreira votaram contra.

O Bloco de Esquerda absteve-se.

O decreto presidencial que prolonga o estado de emergência até 14 de fevereiro permite a proibição ou limitação de aulas presenciais, restrições à circulação internacional e a mobilização de profissionais de saúde reformados, reservistas ou formados no estrangeiro.

Este é o décimo diploma do estado de emergência que o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, submete ao parlamento no atual contexto de pandemia de covid-19.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai falar hoje ao país, às 20:00, na sequência da votação no parlamento do diploma que renova o estado de emergência.

Catarina Pereira