"Os elementos que colocam sistema em dificuldade extrema - principal é o demográfico - por melhores que sejam os salários, um mercado mais equilibrado, por mais que baixe o desemprego - se não houver uma relação adequada entre contribuintes e beneficiários o sistema não sobreviverá nem com salários da Suíça"




"É sustentável financeiramente e economicamente; não é sustentável é socialmente. No sistema previdencial, neste momento, as pensões são muito baixas e perspetiva que se coloca ara o futuro é que sejam ainda piores. O nível de agravamento faz com que seja socialmente insustentável". 


"Estamos a esticar o modelo até à última. Se não fizermos nada, entra em rutura".



O que mudar, então?


reforma a tempo parcial

"inevitabilidade" do aumento da idade da reforma

financiar o sistema da Segurança Social com fontes alternativas

"Não é cada um que se safe por si". 



AQUI