Também hoje a direção cessante da bancada socialista decidiu, por unanimidade, retirar o agendamento para quarta-feira dos diplomas sobre revisão da lei eleitoral para a Assembleia da República e reforço das incompatibilidades dos titulares de cargos políticos.

Esta decisão foi transmitida aos jornalistas pelo vice-presidente da bancada socialista Mota Andrade, tendo sido logo sido formalmente comunicada em reunião da conferência de líderes parlamentares.