A Assembleia da República aprovou esta terça-feira, por unanimidade, um voto de pesar apresentado pelo PSD pelas vítimas das cheias na Alemanha, Bélgica, Luxemburgo e Países Baixos.

A Europa central, mais em concreto na Alemanha, Bélgica, Luxemburgo e Países Baixos, nos últimos dias, está a ser fustigada por graves cheias e inundações devido a um sistema de baixas pressões que se está a mover lentamente sobre a região. Especialistas descrevem como sendo as maiores chuvas registadas em cem anos”, refere o voto dos sociais-democratas, que manifestam condolências às autoridades destes países.

O mais recente balanço aponta para a morte de pelo menos 169 pessoas na Alemanha e 31 na Bélgica como resultado das chuvas intensas e das inundações que fustigaram parte da Europa Central.

Várias dezenas de pessoas continuam incontactáveis e dadas como desaparecidas. As condições meteorológicas adversas provocaram igualmente graves danos materiais.

Além da Bélgica e da Alemanha, as fortes chuvas e as consequentes cheias causaram graves danos materiais em França, nos Países Baixos, no Luxemburgo e na Suíça.

/ NM