A Comissão Organizadora do Congresso (COC) do PS homologou os resultados das diretas que deram a vitória a António Costa, com 96% dos votos, não tendo registado reclamações, disse à Lusa o presidente deste órgão.

À agência Lusa, Manuel Lage, presidente da COC, afirmou que as decisões da comissão foram tomadas hoje, numa reunião, em Lisboa, em também participaram representantes das duas candidaturas, de António Costa, o vencedor, e Daniel Adrião, dirigente socialista que concorreu pela segunda vez e teve quatro por cento dos votos.

Quanto à eleição de delegados ao congresso nacional do PS, de 25 a 27 de maio, na Batalha, distrito de Leiria, o número foi corrigido para 1.813 (antes eram 1.851), dado que várias secções do partido não elegeram representantes, acrescentou.

Em número de delegados, Daniel Adrião elegeu 35 e António Costa 1.768, de acordo com dados da COC.

Estão ainda por apurar 10 delegados, que dizem respeito a secções onde a comissão organizadora mandou repetir a eleição, que deverá acontecer no fim de semana, acrescentou.

Na noite das diretas, Daniel Adrião afirmou não reconhecer o resultado que obteve, de cerca de 4%, mas anunciou, desde logo, que não ia impugnar as eleições.