"Nós assumimos um objetivo, que é um compromisso concreto e um objetivo quantificado, que não é de lançar um programa de 50 milhões, mas é um programa de mil milhões de euros para pôr a reabilitação urbana a andar e a funcionar neste país, porque é assim que relançamos a economia e podemos criar emprego", afirmou António Costa.






















"Eles herdaram uma grande dívida e aumentaram-na em mais 18%, nós herdámos uma grande dívida e baixamos em 40%".