"Foi muito duro para o António Costa fazer uma cmapnha com o ex-primeiro-ministro preso e com camaradas do partido a darem entrevistas e a deitarem-no sistematicamente abaixo". 


"Com toda a minha franqueza, nas costas de António Costa apresentou-se uma candidatura a Belém. Que as pessoas do PS coloquem o país acima do seu partido"