«O PS é um partido que não adota as más práticas estalinistas de eliminação da fotografia deste ou daquele. O PS assume toda a sua história, dos bons e dos maus momentos», declarou António Costa, no sábado à noite, perante uma sala cheia de militantes, na sede do PS, em Lisboa, depois de ser eleito secretário-geral dos socialistas.