A «lição de Berlim», segundo Cavaco