"Foi com grande consternação que tomei conhecimento dos hediondos ataques terroristas, hoje, em Paris, e da perda trágica de um elevado número de vidas", refere Aníbal Cavaco Silva, na mensagem dirigida na sexta-feira ao seu homólogo francês e divulgada hoje no ‘site’ da Presidência da República.


"Peço-lhe que aceite, Senhor Presidente, a expressão da minha elevada consideração e estima pessoal", conclui o chefe de Estado português.