A coordenadora do Bloco de Esquerda fez esta segunda-feira o rescaldo da prestação do partido nas Eleições Autárquicas deste domingo e, pela primeira vez, assumiu a derrota.

O Bloco de Esquerda nestas Eleições Autárquicas teve um mau resultado. Não aumentámos o número de votos ou de eleitos, e conseguimos manter 4 em cada 5 votos, o que determinou a perda de vereadores em cenários de polarização em disputas autárquicas", disse Catarina Martins, em declarações aos jornalistas.

Leia também:

Catarina Martins destacou ainda "uma má notícia" nesta noite eleitoral, que foi "o facto de a direita ter ganho a Câmara de Lisboa". Recorde-se que o Bloco de Esquerda conseguiu eleger Beatriz Gomes Dias e manter o lugar na vereação.

Mas o PS perdeu milhares de votos para a direita. A esta perda não indiferentes os problemas próprios do PS em  Lisboa nos últimos meses, mas é também de considerar que a instrumentalização dos fundos e políticas públicas na campanha nacional autárquica tenha tido resultados opostos ao que o PS esperava", frisou. 

Lamentando e assumindo os maus resultados, Catarina Martins fez questão de saudar e sublinhar alguns que considerou positivos, como a eleição em Lisboa, em Almada, a estreia no Porto, bem como o lugar alcançado em Oeiras, em coligação com o Livre e o Volt. 

Rafaela Laja