O cabeça de lista da coligação PSD/CDS-PP à Câmara de Lisboa anunciou esta quarta-feira que o médico de Saúde Pública e epidemiologista Ricardo Mexia vai ser o diretor da sua campanha, justificando a escolha por se tratar de alguém “independente” e com um “percurso fora da política”.

“A minha maneira de olhar para a política é diferente. Tem aquelas pessoas que são da política, mas são também aqueles que querem vir de fora e que querem mudar a maneira de fazer política. E eu disse sempre que esta campanha seria diferente”, afirmou Carlos Moedas.

Ricardo Mexia é desde 2016 Presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública e integra o Departamento de Epidemiologia do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge.

O executivo da Câmara de Lisboa, presidido por Fernando Medina, é atualmente composto por oito eleitos pelo PS (nos quais se incluem os Cidadãos por Lisboa), um do BE (que tem um acordo de governação do concelho com os socialistas), quatro do CDS-PP, dois do PSD e dois da CDU.

Segundo a lei, as eleições autárquicas decorrem entre setembro e outubro.

/ CP