"Especificamente a situação do Banif (...), não tenho informação sobre o assunto, mas sobre os depositantes, como sabem, existe o fundo de garantia dos depositantes que protege depósitos até os 100 mil euros", disse apenas, acrescentando que "nesse contexto funcionará o mecanismo que está adequado a salvaguardar a segurança dos depositantes".


"Aquilo que eu acho, é que temos que confiar nas entidades oficiais, no sentido de que tudo corra dentro da normalidade", defendeu.


"Não há opiniões de candidatos à Presidência da República sobre uma matéria desta natureza, tão melindrosa e que é da competência própria de instituições. Eu estou preocupada com tudo aquilo que possa causar problemas à economia portuguesa e, evidentemente, o sistema financeiro português deve ter estabilidade", enfatizou.